A guarda civil municipal Kelly Brito de Alencar, de 35 anos, que atuava há 12 anos na GCM de Santo André, morreu nesta terça-feira (26) vítima da Covid-19.
Kelly estava internada desde o início de dezembro na luta contra a doença. Apesar de não apresentar nenhuma comorbidade, o quadro dela se agravou nos últimos dias.
Em nota, a Prefeitura de Santo André afirmou que “lamenta esta perda e estende os sentimentos a todos os familiares e à corporação da GCM”.
COMOÇÃO NAS REDES SOCIAIS
Vários amigos fizeram postagens no Facebook lamentando a morte da GCM, ressaltando as qualidades dela como uma mulher batalhadora e prestativa.
O prefeito da cidade, Paulo Serra também lamentou a morte da servidora em sua rede social.
“Com grande tristeza e pesar, nos despedimos hoje de dois Guardas Civis Municipais (GCMs) Kelly Brito de Alencar, de 35 anos, e Walter Calixto Barbosa, de 61 anos. Kelly estava internada desde dezembro e faleceu por complicações decorrentes da Covid-19. Walter sofreu infarto nesta tarde e não resistiu. Expressamos aqui nossos sentimentos a todos os amigos, familiares e à GCM, neste momento de dor e despedida. E em nome da Kelly, estendemos também a nossa solidariedade aos familiares de todos os 1003 mortos, que sucumbiram ao novo coronavírus na nossa cidade. Que Deus console o coração de todos. Descansem em paz”, concluiu o prefeito.