Pela primeira vez na história da Igreja Católica, o Papa rezou, na tarde desta sexta-feira (27), uma missa sozinho diante da imensa Praça de São Pedro vazia. O Pontífice deu a indulgência plenária ao mundo por causa da pandemia de coronavírus. Não há registro de algo semelhante na história do Vaticano. Com isso, mais de 1,3 bilhão de católicos podem ter o perdão dos pecados.