A Prefeitura de São Bernardo e o Colégio Darwin Central School, no Jardim do Mar, não se entendem. Enquanto o Paço diz que a obra de ampliação da instituição de ensino está embargada, a escola afirma que já adequou o projeto e continua com a intervenção no local.

No meio disso tudo, crianças e adolescentes continuam frequentando normalmente as aulas. Um risco!

A TV São Bernardo teve acesso com exclusividade a documentos e à página do sistema interno da Prefeitura. Um dos documentos mostra que o alvará de funcionamento da escola foi emitido no dia 23 de novembro, um mês depois de a Prefeitura assinar um dos três embargos à obra.

Porém, no sistema interno da administração municipal, o alvará consta como “pendente”.

Uma bagunça burocrática que pode custar caro. Se acontecer algum acidente na obra, como desmoronamento ou algo do tipo, quem é que vai arcar com a responsabilidade?

Com a palavra, as autoridades.

 

No sistema da prefeitura, alvará está pendente
No sistema da prefeitura, alvará está pendente
Confusão: Documento mostra alvará emitido dia 23 de novembro
Confusão: Documento mostra alvará emitido dia 23 de novembro