Caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira; motorista se recusou a fazer teste do bafômetro


Morreu na manhã desta quinta-feira (5) Rosana Esmerina da Silva, 46 anos, vítima de atropelamento no Corredor ABD, altura do número 100, no bairro Jordanópolis – divisa entre São Bernardo e Diadema – , por volta das 5h. O motorista responsável pelo acidente é o músico Ricardo de Almeida Junior, 35, acusado de homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

 
A princípio, Junior fugiu do local sem prestar socorro e se abrigou no estacionamento de um supermercado nas imediações. A PM (Polícia Militar) recebeu, entretanto, duas ocorrências distintas: a primeira tratava de um homem no estabelecimento comercial, cujo carro, modelo Renaltu Kwid, de cor prata, estava avariado e o condutor apresentava sinais de embriaguez. A outra, o atropelamento com o mesmo veículo, sendo que o responsável tinha fugido.

A polícia informou que, ao abordar Junior, ele se mostrou confuso e, segundo o boletim de ocorrência, exalava cheiro de álcool. O motorista estava sem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e informou aos policiais que era músico e estava tocando com amigos antes de ir ao estacionamento. Afirmou ainda que não fazia uso de drogas ou álcool, e contou versões diferentes sobre o que tinha acontecido com o carro, que estava com os pneus furados e tortos, sem retrovisor e com a parte frontal amassada. Além disso, Silva questionou os policias se tinha câmeras na avenida, apresentando nervosismo, mas não citou o acidente.

No local do atropelamento a PM encontrou parte do retrovisor do carro, além de testemunhas que afirmaram que Rosana tinha sido atingida pelo mesmo veículo de Junior e que o condutor estava embriagado.

A vítima foi levada em estado gravíssimo para o Hospital Mário Covas, em Santo André, com afundamento do crânio, além de ter sofrido duas paradas cardíacas em sequência. Por volta das 10h15 a administração da unidade de saúde informou que Rosana foi a óbito.

O agressor, acompanhado de sua mãe, se recusou a fazer teste de bafômetro. Ele foi levado e indicado pelo 5º DP (Pauliceia).

 

https://www.dgabc.com.br/Noticia/3125234/homem-atropela-senhora-e-detido-e-se-recusa-a-realizar-teste-do-bafometro#