Ao todo, 36 candidatos disputam 15 vagas; Votação ocorrerá das 9h às 17h

Hoje, domingo,  (06/10) tem eleição para escolher os novos Conselheiros Tutelares de São Bernardo. A votação acontece das 9h às 17h. Todos os eleitores podem participar e escolher as pessoas que vão ajudar proteger as crianças e adolescentes na cidade. Ao todo, 36 candidatos concorrem a 15 vagas para atuar no próximo mandato (2020-2024).

 

Para votar, o eleitor deverá ter em mãos o título eleitoral e documento de identidade com foto. Já a votação ocorrerá em 19 pontos espalhados por toda a cidade e indicados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). A relação dos locais de votação, assim como dos candidatos que concorrem a eleição, está disponível no site da prefeitura (http://www.saobernardo.sp.gov.br/web/cmdca/eleicoes). O eleitor só poderá votar nos candidatos do seu domicílio eleitoral.

 

Atualmente, o Conselho Tutelar de São Bernardo é dividido por três áreas de abrangências.  Cada uma delas composta por 5 conselheiros titulares e suplentes. 

 

COMPETÊNCIA - Criado conjuntamente ao ECA, instituído pela Lei 8.069 no dia 13 de julho de 1990, o Conselho Tutelar é o órgão municipal responsável por zelar pelos direitos da criança e do adolescente.

 

Formado por membros eleitos pela comunidade, o Conselho Tutelar é um órgão permanente (uma vez criado não pode ser extinto), e possui autonomia funcional, ou seja, não é subordinado a qualquer outro órgão estatal.

 

São atribuições do Conselho Tutelar e, consequentemente, dos conselheiros, atender não só as crianças e adolescentes, como também atender e aconselhar pais ou responsáveis.

 

O Conselho Tutelar deve ser acionado sempre que se perceba abuso ou situações de risco contra a criança ou o adolescente, como por exemplo, em casos de violência física ou emocional. Cabe ao Conselho Tutelar aplicar medidas que zelem pela proteção dos direitos da criança e do adolescente.