Lula volta para São Bernardo; Alex Manente é autor da PEC que institui a prisão após segunda instância

A cidade do Grande ABC entrou de vez no cenário do debate sobre a prisão após segunda instância, com a soltura do ex-presidente Lula e a PEC (Projeto de Emenda a Constituição) de autoria do deputado da cidade Alex Manente.

Após ser solto em Curitiba depois de 580 dias, o ex-presidente foi recebido com festa em seu berço político, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, e aproveitou a oportunidade para fazer um comício para seus militantes.

Na contramão dessa comemoração está grande parte da população, que defende a prisão após segunda instância como forma efetiva de combate à corrupção. Com a recente decisão do STF, as pressões se voltam para a Câmara dos Deputados para que a PEC de Alex Manente seja aprovada na casa.

De acordo com Manente, a decisão da corte máxima “frusta todos os brasileiros que querem combater a corrupção e impunidade.”

Ele ainda cobrou que a câmara seja decisiva na aprovação da PEC, colocando um ponto final na discussão, que já teve mudança de entendimento cinco vezes nos últimos 10 anos.

Todos esses fatos e debates dentro de São Bernardo do Campo colocam a cidade sob luz total dos holofotes da política nacional.