Em novo discurso na comissão especial que discute a PEC (Proposta de Emenda à Constituição), o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, voltou a defender a aprovação da proposta, de autoria do Deputado Alex Manente (Cidadania-SP).

Um dos pontos que estão em discussão na comissão especial é a restrição da PEC para casos da esfera criminal. Segundo Moro, o ideal seria uma regra que abrangesse todas as áreas, mas admite a urgência com a parte criminal.

“Reconheço que é especialmente importante para os casos criminais. Se não houver um apoio político suficiente tanto para os casos cíveis e para os casos criminais, é melhor que fosse aprovado pelo menos para os casos criminais. Porque esses são os casos que mais nos assustam quando geram impunidade. Estamos falando também de crimes de sangue, não apenas de crimes de corrupção", concluiu o Ministro.