A chuva forte aliada à falta de vistoria das árvores da cidade causou um acidente na tarde desta quarta-feira (20) na Chácara Inglesa. Um leitor que passava pelo local registou a queda de árvores em cima de carros causando prejuízos e colocando a pessoas em risco.

Esta é uma situação que tem sido rotineira na cidade. Na última chuva forte, parte de uma árvore caiu sobre um veículo estacionado na Rua Imperador Pedro II, no Nova Petrópolis, tomando toda a calçada. Os restos de madeira cortada pela Prefeitura ficaram cerca de duas semanas para serem retirados da calçada.

A pergunta que fica é onde está a Secretaria de Gestão Ambiental de São Bernardo que não fiscaliza a vida útil das árvores? O que poderia explicar essa demora é o fato de a polícia e Ministério Público terem descoberto a existência de uma quadrilha comandada pelo então secretário de Gestão Ambiental Mário de Abreu com o envolvimento de outros servidores comissionados.

Em continuidade às obras de manutenção da marginal da via Anchieta, realizadas pela Ecovias, entre o km 23 e o km 18, no trecho de São Bernardo, sentido Capital, a partir desta segunda-feira (18/12), haverá o bloqueio da alça localizada na saída do km 22 que dá acesso aos bairros Assunção e Alvarenga. Como alternativa, os usuários poderão utilizar as saídas do km 23 — veículos leves e pesados — ou do km 19 — somente veículos de passeio.

O Sindserv (Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais e Autárquicos de São Bernardo do Campo) lançou campanha contra o não pagamento do tradicional abono de Natal por parte de Orlando Morando (PSDB) para a categoria. Na noite de quarta-feira (13), o prefeito anunciou em redes sociais que não efetuaria o pagamento devido à “crise econômica vivida pela Prefeitura”.