Os vereadores da base de apoio ao prefeito Orlando Morando (PSDB) negaram pedido de cassação do vereador Mário de Abreu (PSDB), que está afastado do cargo, acusado de corrupção. A votação da cassação do mandato do parlamentar ocorreu na sessão de quarta-feira (28).

 

A família de Michael Eduardo da Silva, de 35 anos, está sem notícias deles desde que foi internado no PS Central, após cair de moto ontem. Os parentes também reclamam de outros problemas da Saúde de São Bernardo.

“Ele está na área vermelha. Está com superlotação, são 5 pessoas em um local que cabem 3. Não temos informações se ele fez uma tomografia, nem qual o quadro dele, uma vez que ele teve sangramento do ouvido e vomitou várias vezes ontem”, relata a irmã de Michel, que cobra posição da Prefeitura sobre o estado de saúde.

Vale lembrar que é direito da família obter informações claras, objetivas, respeitosas e compreensíveis sobre hipótese diagnóstica e ações terapêuticas, e outras informações.

Enquanto as administrações públicas apertam os cintos para acabar com privilégios, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), criou vantagens para engordar os salários de seus indicados na Prefeitura.

A ‘mamata’ está na recém-aprovada lei 6.803, de 15 de agosto de 2019, que incorpora benefícios aos salários de servidores escolhidos.

 

Restaurante São Francisco fechou no último fim de semana após 57 anos de atividades.

O Restaurante São Judas Demarchi fechou em 2016, depois de quase 70 anos de atendimento.

Já o Restaurante Florestal resiste.

O são-bernardense tem muitas memórias da tradicional rota gastronômica, referência para clientes de outras cidades, outros estados e outros países. Uma pena ver acabar esse importante corredor econômico e cultural.