Imagem de carros: ilustração

Uma briga empresarial, que foi resolvida na Justiça, revelou a acusação de que Mario de Abreu (PSDB) usava a empresa que tinha em sociedade com Viviani Medeiros Morelis para lavar dinheiro de propina que ele recebia quando era secretário de Meio Ambiente de São Bernardo, nomeado pelo prefeito Orlando Morando (PSDB).

 

A Prefeitura de São Bernardo emitiu embargo à obra realizada pelo Colégio Darwin Central School, no Jardim do Mar, e um mês depois emitiu alvará de funcionamento para a instituição educacional. No processo interno de expedição do documento também é possível observar decisões contraditórias do setor de trânsito sobre os impactos do funcionamento da escola na Avenida Vergueiro.