A HISTÓRIA DA ESCOLA ESTADUAL MARIA IRACEMA MUNHOZ

A HISTÓRIA DA ESCOLA ESTADUAL MARIA IRACEMA MUNHOZ

Uma das mais antigas escolas do ABC Paulista, a E.E. Maria Iracema Munhoz, localizada na Rua Marechal Rondon nº 100, em frente a Praça Lauro Gomes, tem sua história iniciada no final do século XIX.

A escola foi fundada por volta de 1890, em um prédio de taipa, antiga residência da família Bonilha, que situava- se onde hoje é a Praça Lauro Gomes. Era o “Gruppo Escolar Villa São Bernardo” (grafia da época). O antigo Casarão do Bonilha funcionou além do grupo escolar, a Hospedaria dos Imigrantes, Intendência, Câmara Municipal, Cadeia, Correio e Seção Eleitoral.

Em 1915, foi denominada “Escola Mista da Vila de São Bernardo”. Nesta época, meninos e meninas estudam em  turmas separadas.

Em 1921 a escola recebeu o nome de Escolas Reunidas de São Bernardo. Um livro daquele ano registra o nome do diretor, Francisco de Almeida Garret, e das professoras, entre as quais Christina Fittipaldi, tia do ex-piloto Emerson Fittipaldi.

Em 1925 a escola passou a se chamar Grupo Escolar de São Bernardo.

Em 1952, o antigo grupo escolar passa a se chamar Maria Iracema Munhoz (a história dela contaremos mais no final do texto). O antigo casarão foi demolido em 1953 para a construção da Praça Lauro Gomes. Um novo prédio começou a ser construído e só seria inaugurado em 1954.

Quem foi Maria Iracema Munhoz?

Nascida em 17 de agosto de 1982 e formada  em 1916 , Maria Iracema foi professora na escola Caetano de Campos por quase três décadas. Ficou conhecida pelos moradores de São Bernardo do Campo por ser uma pessoa  justa, bondosa, enérgica e amante das artes como pintura e música. Faleceu em São Paulo dia 7 de janeiro de 1946. (A causa de sua morte não foi registrada)
 Seu nome foi escolhido para nomear a escola por conta de sua amiga Milena Calderazzo que também era professora e conseguiu assim homenageá-la por ser uma mulher que dedicou a sua vida ao magistério público. Na escola, lecionou apenas um ano.

Curiosidades

* Três personagens são fundamentais para a história da escola, mesmo antes de seu surgimento. Alferes Bonilha, Padre Lustosa e Maria Iracema Munhoz.

* Alferes Bonilha era dono do Casarão do Bonilha, onde começou a história do antigo grupo escolar. Quando houve a demolição do antigo casarão de taipa que serviu como escola, foi encontrada uma placa contendo a inscrição ‘1773’, provavelmente a marcar o ano da construção do prédio colonial.

* Francisco Martins Bonilha, o Alferes Bonilha, nascido em Porto Feliz em 1782. Tinha a função de juiz de paz, subdelegado de polícia, suplente de deputado provincial, inspetor de ensino, tesoureiro do dinheiro da igreja, dono de uma fábrica de chá e grande proprietário de terras. Faleceu em 1871.

* Tomás Inocêncio Lustosa, conhecido como Padre Lustosa, nasceu em 11 de outubro de 1802. Em 1830, Padre Lustosa é aprovado para ocupar a cadeira da escola criada  na antiga freguesia. Foi o único professor a responder o edital. Também foi juiz de paz e responsável pela construção da primeira Igreja Matriz, demolida para a construção da atual matriz.

* Mesmo com a oposição do inspetor de ensino na época Alferes Bonilha ao seu trabalho, Padre Lustosa permaneceu no exercício das Primeiras Letras durante 33 anos. Se aposentou em 1863 e faleceu em 1892.

* Uma das fotos em que aparece Maria Iracema Munhoz, mostra uma professora séria, despida de qualquer adorno, sem maquiagem. As professoras da época se vestiam assim para impor respeito aos alunos.

* A carreira de Maria Iracema Munhoz no magistério público teve início em 1917 com sua nomeação para a 2ª Escola Urbana da “Vila de São Bernardo”. Ficou de 1917 a 1918 lecionando em São Bernardo. Também lecionou nos Grupos Escolares Dom Pedro II e Consolação (hoje São Paulo) e Escola Modelo Caetano de Campos, na capital paulista.

* Na década de 70, em uma de suas salas, funcionava um consultório dentário para atendimento de crianças e também artistas da época.  

*****************************
Ednilson Teixeira
Batateiro.
Pesquisador das curiosidades da cidade.
Administrador do grupo de Fotos Antigas de São Bernardo do Campo
MTB n° 0089656/SP
*****************************

Fotos: Centro de Memória de S.B.C. e blog da E.E. Maria Iracema Munhoz

Fontes da pesquisa

Quem foi o Alferes Bonilha – Secretaria de Cultura e Juventude – Seção “Você Sabia?” https://www.saobernardo.sp.gov.br/web/cultura/quem-foi-o-alferes-bonilha

A festa dos 55 anos do Grupo Escolar Iracema Munhoz – Matéria de Ademir Médici para o DGABC – https://www.dgabc.com.br/Noticia/277155/a-festa-dos-55-anos-do-grupo-escolar-iracema-munhoz

Projeto Historia da Escola – Imagens históricas Maria Iracema Munhoz – http://eemariairacemamunhoz.blogspot.com/2013/09/projeto-historia-da-escola-imagens.html

Quem foi Maria Iracema Munhoz? – http://eemariairacemamunhoz.blogspot.com/2013/09/inicio.html

Projeto História da Escola – …Demolição do casarão e construção da atual escola – http://eemariairacemamunhoz.blogspot.com/2013/09/projeto-historia-da-escola-demolicao-do.html

Projeto História da Escola – … Escola Estadual Maria Iracema Munhoz – http://eemariairacemamunhoz.blogspot.com/2013/09/projeto-historia-da-escola-escola.html

Tagged: ,

Comente aqui

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.