ANA MARIA DURSO, 67 ANOS, UMA DAS DONAS DA BANCA DE JORNAL DA MATRIZ

ANA MARIA DURSO, 67 ANOS, UMA DAS DONAS DA BANCA DE JORNAL DA MATRIZ
 
Viveu 67 anos na linha tênue entre alegria e tristeza. Até hoje carrega em si as dores, mas as transmite com bom humor que, segundo ela, é o segredo da família para não envelhecer.
“Minha mãe com uns 80 anos, quando você chegava lá, ela vinha te atender com torresmo numa mão e mandioca na outra, sempre sorrindo e brincando”
Na fala carrega o amor e carinho que tem pelo filho psicanalista e pela filha arquiteta. Ana não gosta de ler, nunca teve muito tempo pra isso, mas não se arrepende por ter dedicado seu tempo aos filhos.
Há 38 anos trabalha na banca de jornal que construira com o ex-marido. Ela garante: “Fui muito feliz, aqui foi tudo pra mim, minha Disney, meu Guarujá, era feliz e sou, só que agora com alguns limites de idade e separada.”
Durante a conversa uma música, porque Ana é assim, ela canta a vida. “A treze de maio na cova da Iria, no céu aparece a Virgem Maria”
A saudade do que passou é demonstrada nas lembranças gostosas que ela compartilha a todo momento. Animada, ela conta como era uma das mulheres mais chiques da Marechal. “Vinha pessoal de longe me dar um abraço, muito gostoso”.
Talvez Ana tenha mais um segredo para a longevidade: saber apreciar os bons momentos que tivera.
 
➡️São Bernardo Anônima é um novo quadro da TVSBC que conta histórias de “pessoas invisíveis” da nossa cidade.
Foto: Gui Marchi
Tagged: ,

Comente aqui

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.