GOLPE DA MAQUININHA: NO DEMARCHI PROFESSORA DE EDUCAÇÃO FÍSICA LEVA GOLPE NO DIA DO SEU ANIVERSÁRIO

GOLPE DA MAQUININHA: NO DEMARCHI PROFESSORA DE EDUCAÇÃO FÍSICA LEVA GOLPE NO DIA DO SEU ANIVERSÁRIO

A professora de Educação Física e moradora do bairro Demarchi, Iná Caputo, de 57 anos recém-completados no dia de ontem, 11 de junho, sofreu um prejuízo financeiro ao cair no golpe da maquininha durante a manhã, quando foi receber uma encomenda de flores na porta do prédio em que reside. Iná teve um prejuízo de R$ 999,99. Em entrevista ao canal da TV SBC, com o intuito de alertar para que outras pessoas não sejam vítimas do golpe, a professora explicou como tudo aconteceu.

Como foi o golpe?

Segundo ela, tudo começou por uma mensagem de WhatsApp, enviada por alguém se passando pela floricultura Giuliana Flores. Na mensagem, os golpistas argumentaram que havia uma encomenda já paga por um cliente, mas que ao tentarem entregar a encomenda não conseguiram localizá-la no endereço solicitado, sendo necessário retornar à loja. Caso quisesse que a entrega fosse reenviada, seria cobrada uma taxa de R$ 5,99, nas opções débito e crédito.

Como Iná tinha um amigo em São Caetano que sempre lhe enviava presentes no seu aniversário, ela não desconfiou e concordou. Ao chegar em frente à casa da professora, o falso entregador primeiro passou o cartão para cobrar a taxa. Segundo Iná, na tela do aparelho apareceu o valor de R$ 5,99. Depois de aprovado o cartão e de ver as flores, Iná percebeu que tinha caído no golpe e correu para bloquear o cartão. Logo depois, o suposto entregador foi embora.

Em imagens de segurança do prédio em que mora, é possível ver o momento em que o bandido aplica o golpe. Nas redes sociais, a professora desabafou sobre a frustração que sentiu no dia do seu aniversário, argumentando que os golpistas sabiam a data para aplicar o golpe e alertando para que as pessoas não caiam nesse tipo de crime. Iná Caputo ainda revelou ao nosso canal que tomou todas as medidas cabíveis, como pedir estorno ao banco, procedimento que passará por análise, e a realização do boletim de ocorrência.

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

× Como posso te ajudar?
Pular para o conteúdo