GRANDE ABC INICIA PROGRAMAÇÃO DE FESTAS JUNINAS 
GRANDE ABC INICIA PROGRAMAÇÃO DE FESTAS JUNINAS  clique aqui e ouça a matéria

Celebrações caipiras voltam a acontecer após dois anos de ausência por causa da pandemia 
 
As prefeituras do Grande ABC iniciam, neste fim de semana, a programação de festas juninas, após dois anos de suspensão devido à pandemia de Covid-19. 
 
Os eventos na região começam nesta sexta-feira (3/6), na Esplanada do Paço Municipal de São Bernardo do Campo, com o Primeiro Arraiá da cidade, das 17h às 22h. A entrada é gratuita mediante a doação de um quilo de alimento não perecível ou de dois litros de óleo usado. É obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19. A festa terá música ao vivo, espaço kids com touro mecânico, quadrilha, pratos típicos da culinária, bebidas juninas como vinho quente e quentão, além de cervejas especiais e artesanais. A festa continua no sábado e domingo, das 12h às 22h. 

Em Santo André, a Prefeitura realiza, entre 10 e 12 de junho (de sexta-feira a domingo), no Paço Municipal, o Arraial Solidário. O evento terá a participação de 44 entidades assistenciais do município e contará com barracas de comidas e bebidas típicas, food trucks, dança e shows musicais. O Arraial Solidário terá sanitários, fraldário, espaço kids e espaço pet. A entrada será uma doação de dois quilos de alimentos não perecíveis ou agasalhos. Toda a renda será revertida para as instituições. Um dos destaques da programação musical, a banda Falamansa vai se apresentar no Arraial Solidário na noite de sexta-feira, a partir das 20h30.  

A Prefeitura de Mauá promove o retorno da Festa Junina na cidade, que chega à  35ª edição. A partir de 10 de junho, durante três fins de semana (sextas, sábados e domingos, além da quinta-feira do feriado prolongado de Corpus Christi), o estacionamento de funcionários do Paço Municipal abrigará espaço com shows com artistas de renome no cenário musical nacional, apresentações com artistas locais, parque de diversões e barracas para alimentação, com oferta de produtos típicos juninos, e bebidas. Os portões abrem às 18h, com os shows principais previstos para iniciar às 21h. Aos domingos, a festa começa a partir das 15h. A entrada é gratuita. As pessoas que forem participar do evento podem alguma peça de roupa ou alimentos da cesta básica para as campanhas do Fundo Social de Solidariedade de Mauá. 
 
Em Ribeirão Pires, a Prefeitura promove, entre 10 e 12 de junho, a 44ª edição da tradicional Festa de Santo Antônio. O evento será realizado no Complexo Ayrton Senna, na região central. A entrada é gratuita. As pessoas que forem participar do evento podem doar um quilo de alimento não perecível. 
 

A Prefeitura de Diadema lança neste ano a Festa de São João, que será realizada entre 18 de junho e 3 de julho, sempre aos fins de semana, na Praça da Moça, região central do município. Além de shows, comidas típicas e outras atrações, o evento terá o 1º Festival de Quadrilhas, dividida nas modalidades infantil, adulta e diversidade. A competição distribuirá R$ 75 mil em premiações. As quadrilhas vencedoras levam R$ 15 mil cada e, além da participação durante a competição, elas voltarão aos palcos durante o encerramento do evento. As inscrições podem ser feitas até a próxima segunda-feira (6/6). 
A programação de festejos na região começou em maio, com a Entoada Nordestina, festa de cultura popular e culinária típica promovida pela Prefeitura de São Caetano do Sul. O evento aconteceu entre os dias 20 e 22, no Espaço Verde Chico Mendes, no bairro Cerâmica, com arrecadação de alimentos para o Fundo Social de Solidariedade do município. Para o próximo mês, a Prefeitura de Rio Grande da Serra está programando seu 1º Festival Julino. 

O coordenador do Grupo de Trabalho (GT) Turismo do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, Márcio Marques Ferreira, ressaltou que o retorno das festas juninas comprova, passados dois anos de pandemia, que é possível reaquecer o setor turístico das sete cidades. 
 
“A mobilização dos munícipios, juntamente com os organizadores e turistas, mostra a importância da retomada das atividades presenciais. Os encontros virtuais não substituem o contato e o calor humano, especialmente em celebrações tão tradicionais como as festas juninas. Os festejos não apenas movimentam a economia e o turismo da região, mas têm um papel beneficente, estimulando a solidariedade”, afirmou. 
 
Além dos eventos promovidos pelas prefeituras, a população do Grande ABC terá outras opções pagas e gratuitas em clubes e paróquias da região. As Defesas Civis municipais reforçam as orientações sobre o perigo da armação de fogueiras, da soltura de balões e de fogos de artifício, além de outros gatilhos de incêndio. 

Foto: Alex Cavanha/PSA

Tagged: ,

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content