PM AMBIENTAL APREENDE 350KG DE PALMITO-JUÇARA EM SÃO BERNARDO, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC
PM AMBIENTAL APREENDE 350KG DE PALMITO-JUÇARA EM SÃO BERNARDO, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC clique aqui e ouça a matéria

Uma operação conjunta da Polícia Militar Ambiental com a guarda do Parque Estadual Serra do Mar (PESM), administrado pela Fundação Florestal, na tarde desta quinta-feira, dia 3, desmontou um acampamento clandestino utilizado para a extração ilegal do palmito-juçara, em São Bernardo do Campo. Na ação, um homem, de 46 anos, foi preso e cerca de 350 quilos da planta foram apreendidos no PESM, que está incluso no programa de Unidade de Conservação (UC). 

Equipes do 2º pelotão da 2º Companhia do 1º Batalhão de Polícia Militar Ambiental (1º BPAmb), juntamente com os guardas, realizavam patrulhamento pelas trilhas quando viram que três homens com mochilas improvisadas de sacos de nylon correram ao perceber a aproximação dos agentes. Após acompanhamento, um deles foi detido. 

Pelas proximidades, os policiais e os guardas ainda apreenderam 350 quilos de palmito-juçara já prontos para envase e comercialização. No local, também foi localizado um acampamento clandestino, com equipamentos utilizados para dar suporte aos criminosos, como camas, colchões, panelas, botijões de gás e outros utensílios. Todos eles, juntamente com o palmito, foram apreendidos. 

O suspeito foi preso em flagrante e o caso foi registrado como extração e transporte de produtos de origem vegetal sem a devida autorização da autoridade competente na Delegacia de Polícia de Investigações contra o Meio Ambiente e Setor de Produtos Controlados (DIICMA) de São Bernardo do Campo. 
Combate à extração ilegal de palmito

O Combate à extração ilegal do palmito-juçara é uma das frentes de atuação da Polícia Militar Ambiental, que realiza constantemente ações nas 102 Unidades de Conservação do Estado, entre elas o Núcleo Itutinga-Pilões do Parque Estadual Serra do Mar, que tem 43,8 mil hectares e abrange os municípios de Praia Grande, São Vicente, Santos, Cubatão, São Bernardo do Campo, Santo André, São Paulo e Mogi das Cruzes. De janeiro a outubro, mais de 5,9 mil unidades de palmito foram apreendidas e 277 pessoas foram autuadas.

A palmeira-juçara, espécie emblemática do Parque Estadual da Serra do Mar, de onde o palmito é retirado, está ameaçada de extinção e é alvo constante de criminosos. Por ter apenas um caule, a extração da planta implica em sua morte, o que também causa prejuízos para diversas espécies de animais silvestres que migram na mata para se alimentar da Juçara, tendo papel chave na polinização e dispersão de sementes, essencial para floresta ser capaz de se regenerar sozinha.

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content