SÃO BERNARDO FORTALECE AÇÕES DE PREVENÇÃO AO SUICÍDIO NO SETEMBRO AMARELO
SÃO BERNARDO FORTALECE AÇÕES DE PREVENÇÃO AO SUICÍDIO NO SETEMBRO AMARELO clique aqui e ouça a matéria

Em alusão ao setembro amarelo, a Prefeitura de São Bernardo preparou ao longo do mês uma série de atividades para fortalecer as ações de Saúde Mental, com foco na prevenção ao suicídio. O objetivo da campanha, realizada nacionalmente, é sensibilizar e alertar a população sobre a importância do debate sobre o suicídio e suas causas, especialmente, neste momento de pandemia, em que os transtornos mentais estão afetando mais as pessoas, de diversas maneiras.

Entre a programação do mês, está o II Simpósio de Prevenção ao Suicídio, no dia 23, de forma online, das 9h às 12h, com transmissão pelo site (even3.com.br/setembroamarelo2) e inscrição gratuita para todos os interessados. Os demais eventos estão disponíveis no mesmo portal e contemplam ainda o I Seminário de Vigilância em Saúde, no dia 15, além de palestras sobre a temática da campanha, nos dias 2, 14 e 16.

Para reforçar o cronograma, os nove Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) promovem ao longo do mês uma série de atividades integrativas e de sensibilização junto ao público atendido nas unidades, como a distribuição de laços amarelos, projeções de vídeos, oficinas, rodas de conversas, entre outras.

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho, todas estas atividades são fundamentais para a prevenção do suicídio e estão presentes no tratamento de Saúde Mental do município durante todo o ano. “Temos profissionais muito competentes na nossa rede de Saúde Mental e somos referência na região no tratamento destes pacientes”, declarou.

ONDE PROCURAR TRATAMENTO -Atualmente, a cidade conta com nove Centros de Atenção Psicossocial (Caps III Alvarenga, Caps III Álcool e Drogas Alvarenga, Caps III Álcool e Drogas Centro, Caps III Álcool e Drogas Infanto-juvenil, Caps III Centro, Caps III Silvina, Caps Infantil, Caps III Rudge Ramos e Caps Farina), além de oito casas terapêuticas e o Pronto Atendimento Psiquiátrico, com funcionamento 24h. Todas as 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS) também possuem atendimentos psicológicos e atendimento psiquiátrico, através de matriciamento, realizado por médicos generalistas.

Tagged: ,

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content