AQUAPOLO AMBIENTAL COMEMORA 10 ANOS DE PRODUÇÃO DE ÁGUA RECICLADA PARA INDÚSTRIA, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC
AQUAPOLO AMBIENTAL COMEMORA 10 ANOS DE PRODUÇÃO DE ÁGUA RECICLADA PARA INDÚSTRIA, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC clique aqui e ouça a matéria

O maior empreendimento para a produção de água reciclada para uso industrial na América Latina e o quinto maior do planeta, o Aquapolo Ambiental, resultado de parceria entre a GS Inima Industrial e a Sabesp, comemorou 10 anos de atividade. O evento contou com a presença das principais personalidades do saneamento ambiental, entre elas, Pedro Maranhão, secretário Nacional do Saneamento do Ministério do Desenvolvimento Regional, Marta Verde, CEO da GS Inima Environment, Paulo Roberto Oliveira, CEO da GS Inima Brasil, Benedito Braga, presidente da Sabesp, além de representantes de entidades ambientais, autoridades dos municípios do ABC, dos clientes parceiros da indústria e colaboradores do Aquapolo.

Na abertura do evento, o Secretário Nacional do Saneamento pontuou que a água de reúso é vista nos dias atuais como uma solução inovadora para a enfrentar a escassez hídrica. “Imagine então o valor do Aquapolo que já recicla água há 10 anos para atender a indústria,” analisou Pedro Maranhão. “Essa planta deveria ter um efeito multiplicador para que muitas outros projetos como esse fossem implantados no país”.

Marta Verde, CEO da GS Inima Environment, disse que o grupo vai continuar investindo e apoiando o desenvolvimento do Brasil: “O Aquapolo é o exemplo do que mais podemos fazer no país e uma referência mundial na produção da água de reúso”.

Paulo Roberto Oliveira, CEO da GS Inima Brasil, lembrou que o Aquapolo é um projeto com alto impacto socioambiental, que acaba de completar a produção de 100 milhões de m3 de água reciclada para a indústria: “Esse volume seria suficiente para abastecer um município de até 50 mil habitantes por 45 anos. E olha que o Brasil tem hoje quase 4.900 cidades desse porte.”

O presidente do Aquapolo, Márcio da Silva José, disse que o propósito da empresa é “transformar e inspirar a sociedade por meio da reciclagem de água para perpetuar a vida”. E anunciou a meta de neutralizar 62% das emissões de carbono até 2025 e tornar carbono zero até 2030. “Nosso compromisso é zerar a pegada hídrica de uso direto até 2025, ou seja, utilizar na operação apenas água de reúso e não mais dos mananciais,” informou Márcio José.

“O Aquapolo é um exemplo vivo de que é possível trabalhar em parceria com setor privado para produzir benefícios para sociedade. Quero parabenizar a todos e a equipe do Aquapolo por esse trabalho muito bem feito. Durante a COP27, as Nações Unidas entenderam que o impacto das mudanças climáticas vai acontecer no setor hídrico,”disse Benedito Braga, presidente da Sabesp. “Ficou muito claro que precisamos de mecanismos de adaptação, e o Aquapolo é um mecanismo de adaptação importante nesta situação climática”.

A planta tem capacidade para fornecer até 1000 litros/segundo de água reciclada para o Polo Petroquímico da Região do ABC Paulista, a partir de tratamento de esgotos domésticos da Estação de Tratamento de Esgoto do ABC, da Sabesp, o equivalente ao abastecimento de uma cidade de 500 mil habitantes.

O Aquapolo Ambiental entrou em operação em novembro de 2012 contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico da região e para a sustentabilidade, uma vez que a água utilizada pelas indústrias deixa de ser retirada dos mananciais que servem para atender o consumo humano.

Essa economia de água potável na indústria tem papel importante do ponto de vista da segurança hídrica, além do Aquapolo apontar para soluções viáveis para a melhor utilização dos recursos hídricos dentro do conceito da economia circular, contribuindo para cinco dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

Este ano, o Aquapolo Ambiental foi reconhecido como empresa de utilidade de água inteligente para o clima (Climate Smart Water Utility) pela Associação Internacional da Água (IWA, na sigla em inglês), instituição com membros em 140 países e que é referência internacional para o setor de água e saneamento. A premiação reconheceu 42 empresas de 30 países e considerou o Aquapolo Ambiental uma das 13 companhias mais inspiradoras do ano.

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content