DEFESA CIVIL DO ESTADO DE SÃO PAULO ALERTA A POPULAÇÃO SOBRE FRENTE FRIA QUE ATINGIRÁ ALGUMAS REGIÕES DO ESTADO A PARTIR DESTA SEXTA-FEIRA, DIA 23
DEFESA CIVIL DO ESTADO DE SÃO PAULO ALERTA A POPULAÇÃO SOBRE FRENTE FRIA QUE ATINGIRÁ ALGUMAS REGIÕES DO ESTADO A PARTIR DESTA SEXTA-FEIRA, DIA 23 clique aqui e ouça a matéria

A previsão é que a temperatura mínima chegue a 3º C na Serra da Mantiqueira. Na Capital haverá abertura do abrigo temporário na estação Pedro II do Metrô

A Defesa Civil do Estado de São Paulo alerta a população para a chegada de uma onda de frio que atingirá o estado a partir das primeiras horas da próxima sexta-feira, 23, permanecendo este cenário até domingo, 25. Segundo dados do Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE), uma massa de ar frio deve avançar por São Paulo derrubando as temperaturas, principalmente na região da faixa leste do estado, com mínima prevista de 3°C na Serra da Mantiqueira.
Na Capital e Região Metropolitana de São Paulo a temperatura mínima pode chegar a 7º C. Já no interior do estado, nas regiões de Sorocaba e Campinas, os termômetros poderão marcar mínimas de 9º C. Em São José dos Campos e Vale do Ribeira a temperatura pode chegar aos 8º C. Na Baixada Santista a temperatura chegará a 13º C e no Litoral Norte 12º C.

Ação Noites solidárias
A Defesa Civil, em conjunto com a Secretaria do Desenvolvimento Social, Secretaria dos Transportes Metropolitanos, Fundo Social do Estado e Metrô realizarão a abertura do abrigo temporário na estação Pedro II do Metrô, com o objetivo de abrigar pessoas em situação de vulnerabilidade.
O abrigo será aberto na sexta-feira, 23, a partir das 19h00. No local, as pessoas contarão com kit dormitório, composto por colchão e cobertor, além de um kit de higiene pessoal, fornecidos pela Defesa Civil. A Secretaria do Desenvolvimento Social acolherá as pessoas e fornecerá alimentação do Programa Bom Prato.

Recomendações
A Defesa Civil Estadual recomenda que as defesas civis municipais permaneçam atentas e reforcem a divulgação de informações para a população, visando a adoção de medidas de autoproteção.

Orientações a toda população

A queda abrupta de temperatura intensifica a sensação de frio, aumentando o risco de incidentes e danos à saúde. No frio extremo, as pessoas podem sofrer de hipotermia e, devido à diminuição das chuvas e redução da umidade relativa do ar, a ocorrência de doenças que atacam o aparelho respiratório. Crianças e idosos são mais suscetíveis às doenças agravadas pelo frio. Mantenha-os agasalhados.
Em virtude das doenças oportunistas que incidem mais no período do frio (gripe, resfriado, pneumonia e meningite) é essencial tomar medidas simples como evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além de higienizar frequentemente as mãos.
Para obter mais orientações sobre o que fazer antes, durante e depois ao período de baixas temperaturas e, também, os demais tipos de desastres, a Defesa Civil mantém o aplicativo “Alerta SP”, disponível para download nos sistemas Android e IOS.

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content