JUSTIÇA SUSPENDE SALTOS DE PARAQUEDAS EM CNP DE BOITUVA APÓS MORTE DE MORADOR DE DIADEMA, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC
JUSTIÇA SUSPENDE SALTOS DE PARAQUEDAS EM CNP DE BOITUVA APÓS MORTE DE MORADOR DE DIADEMA, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC clique aqui e ouça a matéria

A Justiça determinou, na última sexta-feira (22), a suspensão das atividades por tempo indeterminado no Centro Nacional de Paraquedismo (CNP), em Boituva, no interior de São Paulo, após um aluno de 38 anos morrer na semana passada.

A vítima, Andrius Jamaico Pantaleao, atingiu uma residência e caiu na rua José Scomparim, na terça-feira (19). Ele foi enterrado no dia seguinte, em Diadema, cidade onde morava. As causas do acidente estão sendo investigadas pela Polícia Civil.

A suspensão foi decidida após autoridades constatarem o lançamento de atletas sobre bairros residenciais.

Esta é a quarta morte registrada no CNP em 2022. Em maio, dois atletas morreram após complicações em uma aeronave provocar um pouso forçado. No mês de abril, Bruna Ploner, sargento do Exército Brasileiro, morreu após realizar um salto com um equipamento de alta performance.

Tagged: ,

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content