MORANDO DÁ INÍCIO À CONSTRUÇÃO DA NOVA UPA SILVINA, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC
MORANDO DÁ INÍCIO À CONSTRUÇÃO DA NOVA UPA SILVINA, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC clique aqui e ouça a matéria

Ao todo serão investidos R$ 6,5 milhões na execução da obra; equipamento contará com infraestrutura moderna e será entregue num prazo de 12 meses

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, deu início na manhã deste sábado (18/09) a construção da nova UPA Silvina. Antiga reivindicação de moradores, a viabilização do equipamento de Saúde irá permitir a volta da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas ao bairro, facilitando o acesso da população que reside no Silvina, Selecta e Montanhão.Ao todo serão investidos R$ 6,5 milhões na construção da nova unidade, que será erguida em terreno de 2,3 mil metros quadrados, ao lado do Tiro de Guerra de São Bernardo, na Avenida Conde de São Lourenço. Nesta manhã, o chefe do Executivo esteve no local para a assinatura da ordem de serviço que permite o início das obras. A expectativa é a de que a unidade seja entregue num prazo de 12 meses

.“Atualmente, a UPA Silvina está instalada no Ferrazópolis, longe dos moradores. Com a construção desta nova unidade estamos trazendo este importante serviço para mais perto da população. A nova unidade terá estrutura moderna, com construção de alvenaria, funcionamento 24 horas e equipes preparadas para ofertar Saúde de qualidade aos nossos moradores”, destacou Morando.O ato de assinatura da ordem de serviço contou com a presença do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, além dos secretários Geraldo Reple Sobrinho (Saúde), Luciano Eber (Obras e Planejamento Estratégico) e Pery Cartola (Cidadania e Pessoa com Deficiência), além de vereadores.ESTRUTURA – A nova UPA Silvina será construída em terreno pertencente ao município e contará com estrutura de alvenaria, o que proporciona mais segurança e conforto ao paciente. A unidade contará com mais de 10 leitos (adulto e infantil), consultórios de atendimento, salas vermelha e amarela – que se assemelham a uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – além de sala de raio X, de observação adulto e infantil, entre outras.

“Esse equipamento terá tudo que existe de mais moderno. Isso sem contar que a UPA será toda plana, o que facilitará o acesso e locomoção dos pacientes”, destacou o secretário de Saúde, Geraldo Reple Sobrinho.

A realização do projeto faz parte do financiamento do programa BID, do Banco Interamericano de Desenvolvimento. Quando a UPA estiver pronta, a expectativa é a de que a unidade realize 8.000 mil atendimento por mês.A unidade irá funcionar com 65 funcionários por plantão, incluindo equipe formada por cinco médicos no diurno e quatro no período noturno.

Foto: Divulgação PMSBC

Tagged: , ,

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content