SÃO BERNARDO IMUNIZA “SOMMELIERS” DA VACINA, APÓS INSTITUIR MEDIDA PARA IMPEDIR ESCOLHA DE FABRICANTE, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC
SÃO BERNARDO IMUNIZA “SOMMELIERS” DA VACINA, APÓS INSTITUIR MEDIDA PARA IMPEDIR ESCOLHA DE FABRICANTE, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC clique aqui e ouça a matéria

Com o fim da fila, município imunizou 57 pessoas que haviam assinado o termo de recusa e responsabilidade; 16 delas foram vacinadas com mesmo fabricante rejeitado

Pioneira em instituir medida para impedir a escolha de imunizantes contra a Covid-19, por meio do envio dos chamados “sommeliers” da vacina para o fim da fila, a Prefeitura de São Bernardo já imunizou 57 pessoas que haviam recusado a dose disponível no momento da aplicação por conta da marca. Deste total, 16 tomaram a vacina do mesmo fabricante rejeitado. Ao todo, 126 pessoas assinaram o termo de recusa e foram automaticamente para o fim da fila.

O município foi o primeiro do País a adotar o novo protocolo, que foi posteriormente replicado por diversas outras cidades, incluindo a Capital, como forma de garantir o fluxo da vacinação da população e evitar desperdício de doses. Em São Bernardo, todos que haviam assinado o termo de recusa e responsabilidade tiveram o cadastro liberado a partir do dia 14 de agosto, quando foi realizado o mutirão de 24h para imunização de toda a população adulta. Após a data, outras 30 pessoas se recusaram a tomar o imunizante ofertado. Todos assinaram o termo de recusa, que foi arquivado junto do prontuário do paciente na rede de Saúde municipal.

“Esta é uma maneira que comprovar que o município ofertou a dose e que o cidadão rejeitou a aplicação. Ao mesmo tempo que faz com que a pessoa reflita, no momento da aplicação, se ela realmente quer deixar de tomar a vacina e atrapalhar o cronograma de vacinação dos demais”, explicou o prefeito Orlando Morando.

VACINAS APLICADAS – Apesar das recusas, São Bernardo segue com a vacinação em ritmo acelerado, com oferta de vacina para todos os públicos já contemplados pelo Plano Estadual de Imunização e mais de 880 mil doses aplicadas, o que corresponde a 93% da população adulta já vacinada com pelo menos a primeira dose e 44,6% com a imunização completa.

“Com estes números pudemos passar a vacinar os jovens de 12 a 17 anos com comorbidades e os jovens de 16 e 17 anos, sem comorbidades. A ampliação para as demais faixas, até 12 anos, está condicionada à chegada de mais lotes de vacina da Pfizer ao município, que no momento, é a única aprovada pela Anvisa para estas faixas etárias”, completou o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho.

LIVRE DEMANDA PARA OS ATRASADOS – Para todas pessoas com a segunda dose atrasada, a cidade oferece livre demanda no posto avançado de vacinação do Ginásio do Jardim Lavinia, na Avenida Capitão Casa, 1.500, das 8h às 15h. É preciso levar o comprovante de vacinação da primeira dose.

POSTOS AVANÇADOS – A cidade mantém cinco postos avançados de vacinação contra a Covid-19 espalhados pelo município, com funcionamento das 8h às 12h e das 13h às 17h. São eles: Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib (Avenida Kennedy, 1.155, Parque Anchieta), Ginásio Poliesportivo do Jardim das Orquídeas (Estrada do Poney Club, 90, Alvarenga), Ginásio Poliesportivo do Riacho Grande (Rua Marcílo Conrado, 210, Riacho Grande), Centro Esportivo do Jardim Lavínia (Avenida Capitão Casa, 1.500, Jardim Lavínia) e Ginásio Poliesportivo do Crec Vila São Pedro (Ruas Tiradentes, 1845, e Santo Antônio, 300).

O cadastro e agendamento para o recebimento das doses são obrigatórios e estão disponíveis no site da Prefeitura (www.saobernardo.sp.gov.br/coronavírus) e no APP SBC na Palma da Mão. Também é necessário preencher os dados no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br), do Governo do Estado, para agilizar o atendimento no dia da aplicação.

SOLIDARIEDADE – Paralelamente à imunização da população, todos os postos de vacinação avançados de São Bernardo também são pontos de arrecadação de alimentos não perecíveis, das 8h às 16h, com a campanha Vacina Contra a Fome. A ação é realizada pela Secretaria de Assistência Social e pelo Fundo Social de Solidariedade, em parceria com o Governo do Estado. A campanha convida as pessoas aptas a se vacinarem contra a Covid-19 a doar um quilo de alimento não perecível.

Tagged: ,

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content