ABC AGUARDA UM NATAL MAIS GENEROSO, COM GASTOS 16% MAIORES, APONTA PESQUISA DA METODISTA, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC
ABC AGUARDA UM NATAL MAIS GENEROSO, COM GASTOS 16% MAIORES, APONTA PESQUISA DA METODISTA, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC clique aqui e ouça a matéria

 O preço médio que consumidores do ABC paulista estão dispostos a pagar por presente de Natal este ano é de R$ 165,70. Comparado aos R$ 129 encontrados na PIC (Pesquisa de Intenção de Compras) de 2020, houve aumento real de 16% se descontada a inflação acumulada de 10,73% nos últimos 12 meses até novembro. 

Igual taxa de crescimento real de 16% deve ser observada na movimentação econômica de R$ 305 milhões em torno da data nos sete municípios da região, contra R$ 262 milhões no ano passado. 

Já os gastos médios planejados (mais de um presente, ceia etc) chegarão a R$ 558,80.  No ano passado esses gastos planejados foram estimados em R$ 393 por consumidor, o que significa aumento real de cerca de 28% neste Natal, conforme pesquisa do Observatório Econômico da Universidade Metodista de São Paulo.  

Segundo professor Sandro Maskio, coordenador do levantamento, contribuíram para a melhora da ida às compras as regras menos severas de distanciamento social em virtude da ampliação da vacinação, além dos indicadores mais amenos da pandemia de Covid-19. “Isso deve ampliar a realização de reuniões familiares e motivou a ampliação do número de pessoas as serem presenteadas”, apontou. Ele lembrou, porém, que a aguardada movimentação de R$ 305 milhões no ABC equivale a voltar ao Natal de 2016, ano de retração que impactou posteriormente toda a economia. 

Na web 

Assim como no Natal de 2020, a internet (29,8%) se mostrou o meio de consumo preferido em razão das mudanças de hábitos impostas pela pandemia. Seguem-se entre os estabelecimentos apontados para as compras os shopping centers (26,9%), comércio formal do centro da cidade (26,2%) e comércio de bairro (11,2%). 

Os principais presenteados apontados na PIC pertencem ao núcleo familiar, liderados pelas mães (19,7%), pais (12,7%), filhos (11,5%) e esposa/marido (10%). Os presentes mais mencionados são vestuários/calçados (33,9%), perfumes/cosméticos (17%), brinquedos (16,6%) e relógios/joia e bijuterias (4,9%). A pesquisa envolveu 354 questionários validados. 

Veja a íntegra da PIC de Natal 2021 em https://bit.ly/3p102ur

Tagged: , ,

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content