ESTUDANTES DE MEDICINA SÃO FLAGRADOS EM ATOS OBSCENOS DURANTE COMPETIÇÃO ESPORTIVA

ESTUDANTES DE MEDICINA SÃO FLAGRADOS EM ATOS OBSCENOS DURANTE COMPETIÇÃO ESPORTIVA

Um vídeo que circulou na internet causou grande revolta entre os internautas. Nas imagens, estudantes de medicina da Universidade Santo Amaro (Unisa) são vistos praticando atos obscenos em plena quadra de vôlei durante a Calomed, uma competição realizada entre os dias 28 de abril e 1º de maio. O vídeo mostra os alunos com as calças abaixadas, interrompendo um jogo feminino.

A repercussão nas redes sociais foi imensa. Muitos se mostraram preocupados e indignados, apontando a responsabilidade e ética que se espera de futuros médicos. Em resposta à situação, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que a Polícia Civil já está investigando o caso para identificar e punir os envolvidos.

Em 18 de setembro, a União Nacional dos Estudantes se pronunciou condenando o comportamento dos estudantes. O Ministério das Mulheres também se manifestou, destacando em suas redes sociais: “Atos como os dos alunos de medicina da Unisa não podem ser vistos como normais e devem ser enfrentados com todo o rigor da lei”.

Até o momento, a Universidade Santo Amaro não se manifestou oficialmente sobre o episódio. A situação gerou debates sobre a necessidade de reforçar valores éticos e de comportamento nas universidades. A comunidade acadêmica e a sociedade aguardam medidas e esclarecimentos sobre o ocorrido.

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

× Como posso te ajudar?
Pular para o conteúdo