SÃO BERNARDO PROMOVE COPA CAPS DENTRO DA PROGRAMAÇÃO DO JANEIRO BRANCO, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC
SÃO BERNARDO PROMOVE COPA CAPS DENTRO DA PROGRAMAÇÃO DO JANEIRO BRANCO, TV São Bernardo - Notícias de São Bernardo do Campo - TVSBC clique aqui e ouça a matéria

Disputa de futsal entre os pacientes da rede de saúde mental promove a socialização e o incentivo à atividade física como métodos auxiliares ao tratamento

A Copa Caps, uma disputa de futsal entre os pacientes dos nove Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) de São Bernardo, foi retomada em 2023 como mais uma das atividades do Janeiro Branco – mês que chama a atenção para a saúde mental. Os jogos ocorrem nos dias 13, 20 e 27 de janeiro, das 10h às 13h, no Ginásio Poliesportivo do Orquídeas (Estrada Poney Club, 148). A premiação ocorre no dia 27.

Neste ano, quatro equipes disputam o torneio, que tem como objetivo a socialização, o trabalho em equipe, a inserção do paciente no esporte, além de destacar a importância da atividade física como ferramenta de tratamento. A participação dos familiares e amigos é permitida e colabora ainda mais para o sucesso da ação.

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho, que participou da abertura da atividade nesta sexta-feira (13/1), São Bernardo não possui mais nenhum paciente internado em hospital psiquiátrico e a mudança na conduta do tratamento na área de saúde mental foi fundamental para a humanização e a reinserção destas pessoas na sociedade. “Com o tratamento adequado é possível que estes pacientes tenham qualidade de vida e convivência com familiares e amigos”, explicou.

Como benefícios da ação para os participantes, a coordenadora de saúde mental, Renata Peixoto, destaca o trabalho em equipe, cooperação, persistência, capacidade de lidar com frustração e adversidades, capacidade de realização e incremento da autoestima.

“A atividade física está presente no tratamento de todos os CAPS do município e funciona como importante ferramenta, não apenas para a melhoria da saúde física e do bem-estar dos pacientes, mas também como apoio à vinculação dos pacientes ao tratamento, incentivo ao autocuidado, além de propiciar espaço adequado para o desenvolvimento de habilidades sociais e de convívio, que podem ser expandidas para outros contextos de vida desses pacientes”, reforçou.

REDE DE ATENDIMENTO DE SAÚDE MENTAL – As 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS) oferecem suporte no tratamento de saúde mental, bem como os nove Caps, com atendimento por livre demanda, ou seja, sem necessidade de agendamento, ou por encaminhamento das UBSs para acolhimento de pacientes dos casos mais graves, das 7h às 19h.

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content