PREFEITURA APRESENTA QUARTO MODELO DO HOSPITAL DA MULHER
PREFEITURA APRESENTA QUARTO MODELO DO HOSPITAL DA MULHER clique aqui e ouça a matéria

Equipamento tem entrega prevista para 2022 e irá concentrar todo atendimento de saúde da mulher da rede municipal

A Prefeitura de São Bernardo apresentou, nesta sexta-feira (28/01), o quarto modelo do futuro Hospital da Mulher, que está sendo construído no antigo prédio do Instituto Municipal de Assistência à Saúde do Funcionalismo (Imasf). O novo equipamento irá concentrar todo atendimento de saúde da mulher em um único local. Hoje, os atendimentos ao público ocorrem no Hospital Municipal Universitário (HMU) e no Centro de Atenção Integral a Saúde da Mulher (Caism), ambos no bairro Rudge Ramos.

O quarto modelo de enfermaria foi exibido pelo prefeito Orlando Morando e pelo secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho, que confirmaram a previsão de entrega do novo equipamento para 2022. “As obras seguem em ritmo acelerado e, até o fim do ano, as mulheres de São Bernardo terão um equipamento exclusivo, moderno e humanizado, do jeito que elas merecem. Este é mais um investimento importante para melhorar ainda mais a saúde da nossa cidade”, declarou Morando.

ESTRUTURA – O quarto apresentado será um dos 169 leitos que acomodarão pacientes e recém-nascidos em espaço de 19,5 metros quadrados, com cama, berço, mesa de cabeceira, poltrona, mesa de refeição e sanitário. O Hospital da Mulher também ofertará pronto atendimento ginecológico e obstétrico, leitos de internação e de UTI, centro cirúrgico, ambulatórios, casa da gestante, núcleo interno de regulação e estrutura para realização de exames laboratoriais, como tomografia, mamografia, ecocardiograma, ultrassonografia, entre outros.

AMPLIAÇÃO DO ATENDIMENTO – De acordo Reple, o ganho com a instalação deste novo equipamento será enorme para a saúde da mulher. “Com o Hospital da Mulher, vamos ampliar nossa capacidade atual de atendimento em 41 leitos. Hoje, o HMU oferece 128 vagas e com a entrega desse novo equipamento teremos 169, dos quais dez serão destinadas ao atendimento de UTI adulto e 25 à UTI neonatal. Além disso, estamos mudando o serviço para uma planta quatro vezes maior, com quase 20 mil metros quadrados”, detalhou o secretário.

MELHORIAS PARA A SAÚDE – Desde 2017, São Bernardo vem ganhando amplo investimento na área da Saúde. Além da entrega de três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e do Pronto-Atendimento do Taboão, que foi reaberto à população, a Administração ampliou o atendimento do Hospital de Clínicas, que hoje funciona com 100% da capacidade e passou a ser referência em cirurgia cardíaca infantil, e entregou dois novos hospitais, o Hospital Anchieta, com 100 leitos, e o Hospital de Urgência, com 250 leitos. Os equipamentos foram fundamentais no enfrentamento da pandemia de Covid-19 e permitiram que nenhum morador de São Bernardo ficasse sem leito para o tratamento da enfermidade.

Tagged: ,

Comente

Seu email não irá ser publicado Preencha os campos marcados com *.

Skip to content